Marina R. Dantas Pedro

Marina Dantas Pedro possui graduação em Psicologia pela Universidade Presbiteriana Mackenzie de São Paulo. É Mestre Profissional em Análise do Comportamento Aplicada pela Associação Paradigma - Centro de Ciências e Tecnologia do Comportamento, onde também cursou o Aprimoramento em Acompanhamento Terapêutico e Atendimento Extraconsultório, e o curso de Especialização em Clínica Analítico-Comportamental de Adultos. Atualmente na Associação Paradigma - Centro de Ciências e Tecnologia do Comportamento realiza as atividades de Coordenação dos "Cursos de Férias"; é Coordenadora, Professora e Supervisora do curso de Aprimoramento em Acompanhamento Terapêutico e Atendimento Extraconsultório, além de Pesquisadora colaboradora. Também é Pesquisadora Colaboradora da REDETAC (rede de colaboração interinstitucional para a pesquisa e o desenvolvimento das Terapias Analítico-Comportamentais). Atuou como terapeuta facilitadora voluntária em grupos de apoio por 2 anos na ASTOC-ST (Associação Solidária do TOC e da Síndrome de Tourette). Atua como terapeuta Analítico-Comportamental e Acompanhante Terapêutica.


 

Modelos experimentais da depressão.

BANACO, R. A. ; ZAMIGANANI, D. R. ; COSTA, C. E. ; DANTAS, M. R. . Modelos experimentais da depressão.. In: Ana Carolina de Carvalho Pacheco Bittencourt; Esequias Caetano de Almeida Neto; Maria Ester Rodrigues; Natalie Brito Araripe. (Org.). Depressão: psicopatologia e terapia Analítico-Comportamental.. 2aed.Curitiba: Juruá Editora, 2015, v. , p. 37-56.

 A formação do self segundo perspectivas da Análise do Comportamento.

DANTAS, M. R.; MACCHIONE, A. C. C. ; BANACO, R. A. . A formação do self segundo perspectivas da Análise do Comportamento. Boletim Paradigma, Boletim Paradigma, p. 21 - 24, 01 ago. 2016.

A definição do papel do Acompanhante Terapêutico (AT)

DANTAS, M. R.; SPINOLA, M. F. . A definição do papel do Acompanhante Terapêutico (AT). Boletim Paradigma, Boletim Paradigma, p. 17 - 20, 01 ago. 2016.