Grupo de estudos em ameaças e transtornos relacionados

O grupo de estudos tem como foco as respostas de seres humanos a ameaças, das mais severas e que colocam em risco a sobrevivência, até as menos catastróficas, como a possibilidade de desfechos negativos em áreas cotidianas da vida contemporânea ocidental, como trabalho e relacionamentos afetivos. Entendendo que diversos transtornos psiquiátricos, como os de ansiedade e de estresse pós-traumático, são padrões biocomportamentais adaptativos relacionados a tais mecanismos de defesa, mas que envolvem, em alguma esfera relevante, prejuízo funcional e sofrimento significativos, o grupo busca se aprofundar na literatura científica e desenvolver pesquisas voltadas à ampliação do entendimento e do arsenal terapêutico relacionados a essas condições. Sediado no Instituto de Psiquiatria do Hospital das Clínicas da FMUSP, o grupo é constituído por uma colaboração entre o IPq e outras instituições de ensino nacionais e internacionais, com destaque ao Programa de Neurociências e Comportamento (NeC) da USP, o Departamento de Psicologia Clínica do Instituto de Psicologia da USP e o Paradigma (Centro de Ciências e Tecnologia do Comportamento).